Está aqui

4º Encontro de Tutores de Bairro | União de Freguesias Cascais e Estoril

Decorreu este sábado, 13 de janeiro, no Centro Cultural de Cascais, o 4º Encontro de Tutores de Bairro, da União de Freguesias Cascais e Estoril. O Encontro teve como objetivo apresentar resultados e falar das iniciativas futuras no âmbito do Programa de Tutores de Bairro, interlocutores privilegiados entre os bairros do concelho e os serviços da autarquia. Quanto aos resultados deste programa, salienta-se o aumento do número de tutores de bairro, num total de 210 e com uma cobertura de 95% do território. A taxa de resposta é de 98% relativamente aos 12.399 pedidos de intervenção por parte dos Tutores de Bairro, nestes últimos nove anos.

Para o presidente da Câmara Municipal de Cascais, Carlos Carreiras, presente no Encontro: “Só evoluímos como comunidade se aumentarmos o nível de exigência”, desafiando desde logo os Tutores de Bairro a exigirem cada vez mais qualidade aos serviços municipais. “Este é um movimento imparável com um elevado grau de participação que vem reforçar ainda mais a democracia participativa e colaborativa no concelho”, acrescentou Carlos Carreiras, referindo-se aos 12.399 pedidos de intervenção por parte dos tutores de bairro, desde o início do programa. Destes pedidos, 98% foram executados, o que representa uma elevadíssima taxa de resposta.  

“ Os Tutores de Bairro são um grupo muito especial de cidadãos bastante proactivos” começou por referir Joana Pinto Balsemão, vereadora com o pelouro do ambiente, salientando o apoio precioso destes munícipes no dia-a-dia do município: “Eles são os nossos olhos que permitem aos serviços municipais agir de forma mais célere e eficaz”, acrescentou a autarca.  

Também Luís Capão, presidente do conselho de administração da Cascais Ambiente, empresa municipal a que se ficou a dever a iniciativa do Programa de Tutores do Bairro, criada em 2009, referiu a missão destes voluntários como indispensável “na gestão da vida no concelho nas mais diversificadas áreas” como sejam, a recolha de resíduos urbanos, limpeza de praias e via pública, no alerta para a existência de cortes de jardim e monstros, na averiguação do estado de pavimentos, dos espaços verdes e de recreio, das hortas comunitárias, da iluminação pública, entre muitas outras competências municipais.

Projetando já o futuro, Luís Capão, afirmou que hoje existe 1 tutor de bairro para cada 950 habitantes, com 210 tutores no total e uma cobertura de 95% do território do concelho. “O objetivo é chegar à razão de 1 tutor para 850 habitantes em 2020” acrescentou o dirigente da Cascais Ambiente.  

Quanto ao futuro deste programa os objetivos são, para além do aumento do número de tutores por habitantes, dota-los de novas ferramentas tecnológicas que permitam não só facilitar os contatos com os serviços, como reconhecer este trabalho voluntário tão importante para a qualidade de vida de quem vive, trabalha e visita Cascais.

Quanto a este último aspeto foi adiantado pela vereadora da Câmara Municipal que está em fase de implementação a APP inovadora CITYPOINTS CASCAIS que visa promover boas práticas de cidadania e reconhecer os cidadãos que contribuem ativamente nas áreas do meio ambiente, cidadania, responsabilidade social e para a sustentabilidade local. A nova ferramenta permite acumular pontos ao realizar ações predefinidas e trocar os pontos por vales de produtos ou serviços oferecidos pelos parceiros locais que adiram à CITY POINTS e que podem ser entrada gratuita em museus, plantas, livros, visitas guiadas, experiências, oficinas, ingressos para eventos, entre outros.

Sobre o Programa Tutor do Bairro | É um programa que permite aos cidadãos participar ativamente no processo de melhoria da qualidade de vida do seu bairro, colaborando para a criação de um serviço de proximidade mais célere e eficiente. O tutor do Bairro é um interlocutor privilegiado entre a população local e os serviços da autarquia. Cabe-lhe monitorizar, na sua área de residência, o estado da limpeza urbana, recolha de resíduos, espaços públicos verdes urbanos, espaços de jogo e recreio, calçadas, passeios, iluminação, estacionamento, segurança pública, entre outras situações. Sempre que se verifiquem não conformidades é o tutor do Bairro que está mais habilitado a informar os serviços da Câmara Municipal, no sentido de agilizar a sua resolução.

 

 

Cascais Digital

banner_cascais_0banner_cascaisambiente_0banner_cascaisparticipa_0banner_cascaisjovem_0banner_cascalitosbanner_lojacascaisbanner_bairromuseus_0banner_geocascaisbanner_agendacascaisbanner_fixcascais