CONTACTOS
Fale connosco
800 203 186
Em rede

Está aqui

Cascais debate Adições

Numa altura em que as dependências individuais aumentam e evoluem para outros tipos, fruto dos tempos modernos e acabam por ter impacto na sociedade, a nível social e criminal, a prevenção surge com principal objetivo na luta contra esta realidade.
 
No Auditório Maria de Jesus Barroso, na Casa das Histórias Paula Rego decorreu hoje a sessão de abertura do Encontro de Adições organizado pela Barragem-Fundação Portuguesa para o Estudo, Prevenção e Tratamento das Dependências em parceria com a Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar. Durante dois dias vários especialistas nestas matérias debatem, trocam vivências, experiências e respondem às dúvidas colocadas pelos presentes no Auditório. 
 
A sessão de abertura deste encontro contou com as intervenções de Carlos Carreiras, presidente da Câmara Municipal de Cascais, Isabel Miguens, presidente do conselho de administração da Barragem, Manuel Cardoso, do SICAD (Serviço de Intervenção e Comportamentos das Dependências), e de Ana Gomes, presidente da Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar). 
 
“Cascais à sua maneira e à sua escala, tem entrado neste duplo combate às adições e à promoção da saúde mental”, disse Carlos Carreiras. Acrescentou ainda que “ fazemo-lo com determinação, com o sentido e a responsabilidade de uma sociedade humanista, e com os parceiros certos. Como alguns dos que estão aqui hoje reunidos, a quem agradeço todo o esforço na construção de uma sociedade melhor”.
 
Este encontro tem como objetivos temas relacionados com as dependências. No dia 17 de maio vão ser debatidos temas como: adições e as suas novas tendências. Adição e comportamento. Binge e adolescência. Comorbilidades médicas. No dia 18 os temas são: género, adição e violência. Adições: internet e novas tecnologias; comunidades terapêuticas: o que está a mudar.
 
A Barragem- Fundação Portuguesa para o Estudo, Prevenção e Tratamento e Tratamento das Dependências iniciou a sua atividade em 1986 e desenvolve a sua missão na área da prevenção, tratamento e reinserção das dependências. É uma instituição com fins de saúde e de utilidade pública com parcerias no âmbito dos ministérios da saúde, segurança social e Câmara Municipal de Cascais.
Desenvolve projetos de parceria com a CMC no atendimento Psicológico, grupos de trabalho, rede social e Fórum da violência. No âmbito da sua atividade promove eventos de carácter científico, no qual se enquadra este encontro. AQ 
 

Cascais Digital

banner_cascais_0banner_cascaisambiente_0banner_cascaisparticipa_0banner_cascaisjovem_0banner_cascalitosbanner_lojacascaisccbanner_geocascaisbanner_agendacascaisbanner_fixcascais