Está aqui

Cascais entrega 39 casas de habitação social: 90 munícipes beneficiados

A Câmara Municipal de Cascais entregou hoje, 28 de Julho, as chaves de novas habitações a mais 39 famílias do concelho. Destas, 32 são atribuições e 7 transferências. As casas localizam-se em diferentes zonas do concelho, e vão beneficiar cerca de 90 munícipes.

“É começar uma nova vida. É o dia mais feliz da minha vida”, disse emocionado António Francisco Palhas, de 70 anos. Morava num quarto na Quinta do Pisão: “Sem água nem luz… nem porta tinha! Agora vou para um T1 em Alcoitão, com comércio perto e com transportes, ao pé de casa”.

Para Arcângela Rosa de 36 anos “é um sonho tornado realidade”. “Assim a família ficará reunida na mesma casa”. Ela e o marido moravam numa barraca sem condições, as duas filhas de 14 anos e 18 meses, dormiam em casa da avó materna. A família irá agora reunir-se “finalmente” num T2 na Abóboda.

Maria Filomena Garcia, de 44 anos, com três filhas e um neto, vivia numa cave húmida e sem janelas e não conseguia esconder a felicidade: “Hoje sinto uma felicidade inexplicável, é uma nova vida, uma nova etapa para toda a família”. A nova casa em Alcoitão, “estará pronta para receber a neta ou neto, que vem a caminho”.

“Hoje é um dia de grande felicidade para quem recebe, mas também para a Câmara que entrega estas novas habitações”. Palavas de Frederico Pinho de Almeida, vereador da habitação social. “Este ano já atribuímos 95 casas de habitação social, num total de 300 pessoas abrangidas, um investimento de cerca de 1.500 mil euros em recuperação e obras em casas para entrega”.

Carlos Carreiras, presidente da Câmara de Cascais, no encerramento desta cerimónia, salientou aos presentes: “Este é um bom momento para darem a volta à nossa vida: só se perde quando se desiste, nunca o façam”.

No âmbito do PMHAS-Programa Municipal de habitação Social, implementado em 2012, e que define as regras de acesso à habitação no concelho de Cascais, já foram realojadas 332 famílias em fogos devolutos do parque habitacional do Município.

A Câmara Municipal de Cascais entende que o processo de realojamento não termina com a entrega das chaves, mantendo sempre nos bairros de acolhimento, em parceria as associações locais, o acompanhamento das famílias.

 

Cascais Digital

banner_cascais_0banner_cascaisambiente_0banner_cascaisparticipa_0banner_cascaisjovem_0banner_cascalitosbanner_lojacascaisbanner_bairromuseus_0banner_geocascaisbanner_agendacascaisbanner_fixcascais