Está aqui

GreenFest arrancou no Estoril com muita participação

A 8ª edição do GreenFest arrancou no Centro de Congressos do Estoril com casa cheia para debater o tema da “Cidadania Ativa” e o “poder” que cada cidadão tem para ser um agente de mudança e ter a capacidade de transformar o mundo. Um dia marcado pela abertura da primeira Feira das ONG´s que reúne cerca de 150 organizações, nacionais e internacionais.
“As pessoas têm de ter a consciência que podemos fazer a diferença, seja em nós próprios seja em tudo o que nos rodeia. É isso que queremos debater nesta edição onde os pilares da sustentabilidade estão sempre representados” disse Pedro Norton de Matos, organizador do Green Fest naquele que foi o primeiro dia do evento.
 
Dividido por três zonas diferentes, a edição deste ano apresenta, dentro do Centro de Congressos, diversas conferências para escolas e público em geral; uma GreenWalk, onde é possível fazer rastreios de saúde e experimentar carros elétricos; e ainda a primeira Feira das ONG (organizações não governamentais) do país, a decorrer no espaço da FIARTIL. Artur Santos Silva, presidente da Fundação Calouste Gulbenkian, deu o arranque da feira que durante estes dias mostra o trabalho de cerca de 150 ONG´s, nacionais e internacionais. 
 
Num auditório repleto de público, a conferência inaugural contou com a presença de Pedro Norton de Matos, mentor do Greenfest, Carlos Carreiras, presidente da CM de Cascais, Isabel Mota, administradora da Fundação Calouste Gulbenkian, Ove Thorsheim, embaixador da Noruega e Caroline Fleetwood, embaixadora da Suécia que deram as boas vindas e falaram sobre a importância de cada pessoa para fazer a diferença no mundo. 
 
Carlos Carreiras, presidente da CMC, afirmou: “este evento tem-nos ajudado a crescer na área da sustentabilidade” e a propósito do tema referiu: “Todos nós temos o poder de influenciar e fazer a diferença. Em Cascais, felizmente, temos uma comunidade ativa que gosta de participar. Isso só reforça a nossa democracia”.
 
Perante dezenas de iniciativas, que contaram com a participação de muitos alunos, este primeiro dia serviu também para apresentar a estratégia do Programa de Educação e Sensibilização Ambiental, da Câmara Municipal de Cascais. No ano anterior cerca de 18.000 alunos, de escola públicas e privadas, participaram em ações de sensibilização ambiental no concelho.
 
 
Toda a informação sobre o evento em: www.greenfest.pt 
 
 

Sugerimos também

Cascais Digital

banner_cascais_0banner_cascaisambiente_0banner_cascaisparticipa_0banner_cascaisjovem_0banner_cascalitosbanner_lojacascaisccbanner_geocascaisbanner_agendacascaisbanner_fixcascais