Está aqui

Ironkids 2017: Manhã desportiva na Baía de Cascais

Sorrisos, espírito de competição e acima de tudo uma grande paixão pelo desporto foram as notas dominantes na baía de Cascais, este sábado, durante o Ironkids, a ação competitiva realizada na véspera do primeiro IRONMAN 70.3 Portugal-Cascais.
Numa verdadeira piscina de águas abertas em plena Praia da Ribeira e percorrendo o circuito de corrida entre a Baía e a Cidadela de Cascais, os jovens atletas mostraram garra e uma enorme capacidade de superação, nunca desistindo, mesmo que isso significasse um enorme sacrifício pessoal. 
 
“É a minha primeira vez, mas acho que vai correr bem”, vaticinava, no início da prova, Carlota Pereira, atleta do concelho, aproveitando para desafiar outros jovens a dedicar-se à modalidade: “faz bem a toda a gente. Admitindo que “é difícil se mãe de uma triatleta, a mãe de Carlota explicou que “são muitas horas de treino a conjugar com a escola”. Mas o esforço é recompensado, admite: “a conquista a nível pessoal é fantástica. Só pela experiência pessoal vale bem a pena participar numa prova destas. E realizar-se aqui na nossa terra, então, é maravilhoso”, referiu.
 
A um dia de completar 10 anos, Guilherme ficou em quarto do seu escalão e acha que “fazer triatlo é bom para a saúde e divertido”. Faz triatlo há cerca de três anos e não hesita em dizer que a nadar não é assim tão bem: “o meu mais forte é correr!” 
 
“Está aqui o futuro do triatlo nacional e até mundial”, destacou Miguel Arrobas, diretor municipal na Câmara Municipal de Cascais. Igualmente atleta de triatlo, Miguel Arrobas participou na estreia do IRONMAN 70.3 em Portugal, decorrida em Cascais a 3 de setembro de 2017, acrescentando: “isto é Cascais a dar oportunidade a que os mais novos se afirmem a tomem contacto com o triatlo ao mais alto nível”.
 
“Esta prova tem uma importância não só para o concelho, mas também para o país”, reforçou Jorge Paulo Pereira, diretor da prova IRONMAN 70.3, no âmbito da qual o Ironkids se integrou.
 
Marcaram presença no Ironkids realizado na forma de aquatlo (natação e corrida) cerca de 250 jovens entre os 7 e os 15 anos, não só portugueses, mas também de países como Brasil, França, Turquia e Espanha, entre outros.
 
“É ótimo pertencer a uma família de triatletas”, confessou a mãe de uma participante francesa: “vimos sempre para apoiar e encorajar o meu marido e a minha filha que participam ou na prova principal, ou na dos nos mais novos”. Uma claque familiar que ganha o prémio de visitar diversos países em verdadeiro ambiente de festa: “Estivemos na Áustria, em todos os países do mundo e, assim, visitamos ao mesmo tempo. A aqui é tudo muito bonito. Cascais é muito bonito.”
 
Independentemente dos resultados alcançados (ver resultados) por cada um sobressaiu a vontade de participar nesta iniciativa que serve de promoção da modalidade. 
 
 
 

Sugerimos também

Cascais Digital

banner_cascais_0banner_cascaisambiente_0banner_cascaisparticipa_0banner_cascaisjovem_0banner_cascalitosbanner_lojacascaisbanner_bairromuseus_0banner_geocascaisbanner_agendacascaisbanner_fixcascais