CONTACTOS
Fale connosco
800 203 186
Em rede

Está aqui

Medicina Personalizada discute-se em Cascais

O modelo médico da “Medicina personalizada” está na ordem do dia nas políticas de saúde de todo o mundo, designadamente na União Europeia. Este modelo que propõe a personalização dos serviços de saúde, ou seja a adaptação das decisões médicas, das práticas e dos produtos farmacológicos ao organismo de cada ser humano, está em debate em Cascais.

O encontro “ Personalised Medicine” que junta especialistas nacionais e internacionais na área da medicina e investigação farmacêutica, tem como chairman Ricardo Batista Leite e é promovida pela AstraZeneca Portugal, em parceria com a Embaixada da Suécia e apoio da Câmara Municipal de Cascais.

A saúde é apontada, pelo presidente da Câmara Municipal de Cascais, Carlos Carreiras, como um dos eixos estratégicos do desenvolvimento de Cascais. A isso se referiu o autarca na sessão de abertura do encontro: “ Em Cascais temos apostado numa estratégia que elege a saúde, a par da segurança e da educação, como fatores de diferenciação para melhoria da qualidade de vida dos cidadãos cascalenses e captação de residentes estrangeiros”.  

Esta aposta está presente nos mais recentes “projetos no concelho na área da saúde, onde se contam a Faculdade de Medicina da Universidade Católica Portuguesa, a recuperação do Hospital Ortopédico Dr. José de Almeida e a criação de três centros de saúde financiados pelo município”, apontou Carlos Carreiras.

A propósito da presença da Embaixadora da Suécia em Portugal, Helena Pilsas, o autarca referiu, ainda, o exemplo sueco que também defende para Cascais, baseado “numa cultura colaborativa entre a indústria, o universo académico e os poderes públicos, na criação de sinergias para um Estado Social de grande qualidade”. PL 

Cascais Digital

banner_cascais_0banner_cascaisambiente_0banner_cascaisparticipa_0banner_cascaisjovem_0banner_cascalitosbanner_lojacascaisccbanner_geocascaisbanner_agendacascaisbanner_fixcascais