Está aqui

Orçamento Participativo Cascais: Associativismo ganha instalações requalificadas

As obras de requalificação do edifício do Grupo de Instrução Musical e Beneficência da Rebelva e as obras de requalificação do edifício do Grupo de Instrução Popular da Amoreira (GIPA) foram hoje inauguradas. São obras realizadas no âmbito do OPCascais2015.

Mais uma vez os cidadãos de Cascais manifestaram-se e decidiram sobre o destino de parte do orçamento municipal, através do mecanismo de democracia participativa cada vez mais popular no concelho – O Orçamento Participativo.  

A vereadora da Câmara de Cascais, Joana Pinto de Balsemão, explica o sucesso do Orçamento Participativo, em Cascais, também pelo facto de desde sempre se terem cumprido quer os prazos de execução das obras, quer o orçamento previsto: “ O processo do Orçamento Participativo tem por base a confiança. Os cidadãos participam confiando que o Executivo Municipal vai concretizar”, refere a vereadora, acrescentando que “ a taxa de execução é até ao momento muito significativa, cifrando-se acima dos 70% no OPCascais2016”, faltando ainda dois anos para o final do prazo de concretização do OPCascais2016.  

O Grupo de Instrução Musical e Beneficência da Rebelva conta a partir de agora com um edifício requalificado, com as obras que custaram ao orçamento municipal 300.000 euros. As obras permitiram requalificar o interior e o exterior do edificado, desde melhorias nas instalações sanitárias, nova cobertura, pinturas e pavimento novo no salão e palco do r/c e 1º andar, entre outros pequenos arranjos.

As obras de requalificação do edifício do Grupo de Instrução Popular da Amoreira, orçaram em 160.000 euros e abrangeram a substituição da cobertura e do teto falso, assim como a construção da instalação sanitária para utilizadores com mobilidade reduzida e rampa de acesso à sede do GIPA.

Sobre as obras ora inauguradas Joana Pinto de Balsemão afirmou que “Tivemos hoje duas grandes celebrações da cidadania porque foi através de um processo de exercício da cidadania ativa que foi possível recuperar e potenciar duas coletividades que já fazem parte do património do concelho e estão em Cascais há 80 anos.”

Lembramos que os projetos vencedores do OPCascais2017 serão anunciados publicamente na próxima sexta-feira, 15 de dezembro, no Mercado da Vila, a partir das 21h00. Este ano com um total de 75.357 votantes, mais 16.790 que em 2016, o OPCascais continua a somar recordes a nível nacional e internacional.

 

Cascais Digital

banner_cascais_0banner_cascaisambiente_0banner_cascaisparticipa_0banner_cascaisjovem_0banner_cascalitosbanner_lojacascaisbanner_bairromuseus_0banner_geocascaisbanner_agendacascaisbanner_fixcascais