CONTACTOS
Fale connosco
800 203 186
Em rede

Está aqui

‘Top 3’ das startups mundiais eleito em Cascais

Global Meetup 2018 reúne investidores, governantes e profissionais da inovação.

Três dias de ‘batalhas’ no Salão Preto e Prata, no Casino Estoril, para apurar as melhores startups do Mundo, culminaram com a eleição do ‘top 3’, muita animação e, como não podia faltar, espírito empreendedor.

Cerca de 400 pessoas de 100 nacionalidades assistiram à final do Get In The Ring, apresentada num ringue, com um árbitro e o público a torcer pelo seu favorito a fazer lembrar uma partida de boxe. Também os três vencedores se dividiram em categorias.

O grande vencedor da noite, o de peso-pesado, foi o holandês Kevin Westermeijer, que deu a conhecer a Convious, a startup que ajuda o setor de lazer e hospitalidade a conquistar clientes em plataformas de descontos, aumentando sua receita direta. De forma a otimizar e melhorar a experiência do cliente, a plataforma da Convious, a Saas, mede, prevê, melhora, e testa todas as etapas dessa experiência.

Kevin revela que Cascais o surpreendeu pela positiva e até pode ter mudado o futuro do seu negócio. “Cascais é melhor do que eu esperava, estou a adorar estar aqui. Estava a falar com o meu colega acerca da possibilidade de trazer o nosso negócio para Cascais, estou cansado da chuva na Holanda”, sorri.

Já na categoria de peso-médio, a Mind Rockets inc foi a eleita. Através do desenvolvimento de soluções tecnológicas, avatares traduzem de forma instantânea texto e fala para linguagem de sinais com o objetivo de impulsionar a independência da comunidade surda em todo o mundo.

E se a urina fosse vista como um ouro inexplorado? É essa a ideia da última vencedora da noite, a LiquidGold. A concorrer na categoria de peso-leve, esta startup não se contenta com a forma como a urina se tornou num resíduo e em como pode contaminar o meio-envolvente, por isso, e também a pensar na escassez de água, o fundador criou um mictório sem água.

O Global Meetup 2018 reuniu, em Cascais, investidores, governantes e profissionais da inovação com o objetivo de as ajudar a escalar os seus negócios.

Pedro Loureiro, CEO da DNA Cascais, responsável pela organização do evento, afirma que este “foi um encontro com multiculturalidade, gente dos cinco continentes que trouxe o seu input e experiência local para Cascais e que a interação com corporates trouxe muita riqueza a este evento”. SJ

 

Cascais Digital

banner_cascais_0banner_cascaisambiente_0banner_cascaisparticipa_0banner_cascaisjovem_0banner_cascalitosbanner_lojacascaisccbanner_geocascaisbanner_agendacascaisbanner_fixcascais