mais pessoas

Greg Stone
Greg Stone O biólogo marinho Greg Stone é um ...
André Oliveira - Sushiman no Mercado da Vila
André Oliveira - Sushiman no Mercado da VilaPara se ser especialista em cozinha ...
Miguel Rocha Vieira
Miguel Rocha VieiraMiguel Rocha Vieira, de 38 anos, tem no ...
Agatha Ruiz de la Prada
Agatha Ruiz de la Prada Agatha Ruiz de la Prada, que expôs de 9 ...

Está aqui

Leonor Carvalho Martins

Leonor tem 9 anos e no dia 26 de março deste ano sagrou-se Campeã Europeia de Taekwondo no campeonato que decorreu em Cascais no Pavilhão Guilherme Pinto Basto.

Campeã Europeia de Taekwondo em 2016

Esta menina de olhar ternurento tem garra para a competição desportiva. E neste sentido podemos dizer que a sua costela de atleta já tem tradição familiar. O bisavô paterno, Hélder Martins participou nas olimpíadas de 1924, 1928 e 1948. E o bisavô materno, Fernando Paes em 1948 e 1952, ambos em Hipismo. O pai, António Carvalho Martins, também aficionado pelo hipismo, alcançou em 2011 o 1º lugar numa prova da Global Champions Tour. Leonor gosta de cavalos e até já teve um pónei mas a sua paixão pelo teakwondo é mais forte, modalidade que entrou na sua vida aos seis anos por influência de uma amiga. O que para Leonor começou como um hobby fez dela uma atleta de competição com uma mente bem treinada para a concentração quando enfrenta as adversárias. Nestes momentos deixa de ouvir o público e nada a consegue distrair. “Praticar taekwondo dá-me mais confiança e responsabilidade e faz-me sentir mais protegida”, diz. Este ano está no Top 3 em Fórmula e Sparring. “Gostava de participar no Campeonato do Mundo, mas falta-me um patrocinador”.

Leonor vive e treina em Cascais, na Smart Academy, com os professores Francisco Amaral e António Monteiro, que são 5º Dan de Taekwondo Songahm e reconhecidos internacionalmente. O seu cinto de cor vermelha/preto com uma faixa amarela significa que está no programa Leadership. A faixa vermelha no seu dobok significa que integra o programa Legacy que lhe permite colaborar nas aulas dos mais pequenos.

Leonor será cinto preto já este ano. Um dia a mãe perguntou-lhe o que aconteceria se tivesse que abandonar o taekwondo e Leonor respondeu-lhe. “Ficaria muito triste”.

Cascais Digital

banner_cascais_0banner_cascaisambiente_0banner_cascaisparticipa_0banner_cascaisjovem_0banner_cascalitosbanner_lojacascaisbanner_bairromuseus_0banner_geocascaisbanner_agendacascaisbanner_fixcascais