Está aqui

Programa Interreg IV C Regio-Crafts

O projeto europeu REGIO-CRAFTS: “ Regional Cooperation for Crafts Development”, que nasceu da iniciativa da União Europeia Programa INTERREG IVC “ Innovation & Environment Regions of Europe Sharing Solutions”, teve como objetivo valorizar o artesanato no contexto europeu.
 
Nessa missão, o projeto contou com a parceria de seis países – Portugal, Espanha, Holanda, Grécia, Bulgária e Letónia – que, neste contexto, promoveram a análise das políticas regionais e das medidas de apoio relativas ao setor do artesanato; seminários com exemplos de boas práticas e visitas de estudo; atividades de disseminação ao nível local e europeu; workshops e reuniões com os parceiros do projeto.
 
O objetivo geral foi de fortalecer o setor do artesanato, valorizando a sua importância na economia e no desenvolvimento sustentável de cada região participante, enquanto contributo para a identidade e fator de fomento do crescimento económico, capaz de influenciar o emprego e a estabilidade social. Para tal potenciou-se a troca de experiências e a criação de modelos orientadores que permitiram políticas adequadas aos objetivos.
 
Em Portugal, o projeto REGIO-CRAFTS foi promovido pela Câmara Municipal de Cascais, tendo como parceiro estratégico a SUSDESIGN (Coordenador Externo) e como consultor a CTL-Cultural Trend Lisbon (ler mais sobre os parceiros).
 
Como parceiro líder e chefe do projeto teve a Região de Planeamento de Zemgale – Letónia e como restantes parceiros a Fundação Pública Legado Andaluz – Espanha, a Fundação Cultural Haadstêd 2018 – Holanda, a Associação Regional de Municípios Central Stara Planina - Bulgária e o Município de Paggaio – Grécia. 
 
O projeto europeu teve um valor total de 1.145.262,62 Eur no qual se incluiu o projeto de Cascais no valor de 168.226,00 Eur comparticipado a 85%, tendo sido encargo da CMCascais a importância de 25.233,90 Eur.
 
As atividades desenvolveram-se ao longo dos três anos do projeto (2012-2014), privilegiando-se cada semestre por parceiro, com uma intensa interação através de seminários e reuniões internacionais, workshops, atividades de disseminação local e europeia.
 
A WOA - Way of Arts, empresa de Cascais especializada em conservação/restauro de património móvel e integrado, foi destacada a nível nacional como "case study" na área das indústrias criativas, sendo selecionada para participar nos workshops e seminários do "5th Regio-Crafts Exchange of Experience Partners", em Paggaio, Grécia, com passagem por Istambul Turquia, durante a semana de 17 a 21 de março de 2014. Gonçalo Leandro, fundador e diretor executivo da WOA,  foi um dos oradores nas apresentações para "Good Practice" e "Success Story", na qualidade de Case Study Expert no "Exchange of Experience Seminar", com introdução por parte da Coordenadora de Projeto, fundadora e diretora executiva da SusDesign, Ana Mestre (Sustainable Design PhD).
 
Em Cascais, decorreram seminários internacionais em maio e Junho de 2014, foram elaborados dois Cases Studies – Case Study I - centrado na metodologia SMD (Significados da Matéria do Design) representando boas práticas na inovação do design artesanal e o Case Study II – centrado no trabalho do “Ways of Art” na DNA Cascais relativo aos ofícios tradicionais de restauro, a excelência e a inovação da sua técnica.
 
Elaborou-se igualmente um Plano de Implementação, dividido em três partes: Caraterização do Setor do Artesanato em Portugal, Análise de Transferibilidade de Boas Práticas Europeias para o Sector do Artesanato Português e Implementação do Regio-Crafts em Cascais, além de outras atividades, nomeadamente de disseminação ao nível nacional e local.
 
O projeto culminou com o Seminário Final na Letónia, organizado pelo Parceiro Líder.
 

RESUMO DO PROJETO 

PLANO DE IMPLEMENTAÇÃO REGIO CRAFTS PORTUGAL/CASCAIS DEZ 2014:

 

Cascais Digital

banner_cascais_0banner_cascaisambiente_0banner_cascaisparticipa_0banner_cascaisjovem_0banner_cascalitosbanner_lojacascaisbanner_bairromuseus_0banner_geocascaisbanner_agendacascaisbanner_fixcascais